QUEM TEM DIREITO AO PIS 2019 – Quem Pode Receber → (VEJA)

Quem tem direito ao PIS 2019 – Um dos programas mais pesquisados todos os anos pelos trabalhadores brasileiros da iniciativa privada, o PIS (Programa de Integração Social) foi criado em 1970 juntamente do PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público).

Desde então, ambos têm sido um sucesso, e tem auxiliado milhões de trabalhadores brasileiros a pagar suas contas graças a benefícios tais como o abono salarial, que para os trabalhadores da iniciativa privada apresenta alguns requisitos e critérios que precisam ser respeitados.

Portanto, nas próximas linhas deste artigo nós vamos mostrar em detalhes tudo que é necessário para que você possa saber quem tem direito ao PIS e quem pode se programar para receber o abono salarial seguindo o calendário de pagamento do programa. Confira!

O que é PIS 2019?

O PIS, para quem ainda possa não saber, nada mais é do que um número de cadastro contendo uma sequência de 11 dígitos decimais, que está vinculado ao Documento de Cadastro do NIS (DCN) e ao Cartão de CNPJ.

QUEM TEM DIREITO AO PIS 2019

Ele serve como forma de complementar a renda dos trabalhadores brasileiros da iniciativa privada que atendam aos requisitos que citaremos em detalhes a seguir, permitindo ao governo realizar uma maior transferência de renda gerada pelas empresas do setor privado.

Atualmente, o abono salarial do PIS é pago pela Caixa Econômica Federal, que é o banco responsável por administrar o programa, diferentemente do PASEP, cujo pagamento do abono salarial é feito pelo Banco do Brasil, que é o banco responsável por sua administração.

O PIS permite aos trabalhadores empregados em empresas do setor privado, tal qual o PASEP para trabalhadores do setor público, receber benefícios que complementem sua renda, como o abono salarial, por exemplo. Além dele, também o seguro-desemprego é vinculado a tabela PIS 2019.

Quem tem direito ao PIS 2019?

QUEM TEM DIREITO AO PIS 2019Será importante demais para o trabalhador da iniciativa privada que ele busque saber se ele se encaixa em todos os requisitos necessários para receber o benefício do abono salarial, procurando saber corretamente quem tem direito ao PIS 2019.

PIS 2019 quem tem direito:


01. Que estiver cadastrado no programa há pelo menos 5 anos e que tenha recebido da empresa na qual trabalha uma remuneração média mensal de até 2 salários mínimos ao longo do ano-base que será considerado para que o benefício seja atribuído.


02. O trabalhador também precisa ter trabalhado durante pelo menos 30 dias consecutivos ou não, no ano-base considerado para a apuração, sendo que este trabalho precisa ter sido remunerado, e precisa seguir os preceitos citados anteriormente.


03. E por fim, terá direito ao PIS o trabalhador cuja empresa na qual trabalhou tenha informado seus dados corretamente na RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) do ano-base a ser considerado.


Portanto, seguindo estes requisitos, nem todos os trabalhadores da iniciativa privada terão acesso ao valor do abono salarial do PIS, sendo que somente os que recebem menos serão contemplados.

Desta forma, um número considerável de trabalhadores com rendas mais baixas consegue receber um valor de abono salarial que lhe auxilia a pagar contas e a saldar algumas dívidas que sem a presença deste benefício seriam impossíveis de serem quitadas.

Valor do PIS 2019

Definir o valor do abono salarial do PIS 2019 pode não ser tão simples assim, mas a verdade é que a maior parte dos trabalhadores consegue atingir o valor máximo e receber um salário mínimo como benefício.

No entanto, há uma base de cálculo que permite, de acordo com a Lei 13.134/15, que o valor do abono salarial siga a lógica proporcional ao tempo de serviço prestado pelo trabalhador no ano-base que servirá para a apuração.

O cálculo deste valor do PIS levará em conta, segundo o que foi estipulado por esta lei, o número de meses que foram trabalhados no ano-base em questão, multiplicados por 1/12 do valor do salário mínimo que estiver vigorando na data do pagamento.

Ainda segundo esta lógica, o período de serviço que seja igual ou superior a 15 dias dentro de um mês passará a ser contabilizado como sendo um mês integral.

Pois bem, com base nestas informações já é possível para você saber os detalhes que fazem toda a diferença na hora de sacar o abono salarial, e já consegue entender quem tem direito a receber PIS 2019.

Então, se você é um dos muitos trabalhadores da iniciativa privada que já aguardam ansiosamente pelo pagamento do abono salarial, você precisa se atentar ao calendário de pagamento do PIS e observar as datas e os prazos atentamente através site da caixa: www.caixa.gov.br.

Eles estão presentes de modo bem claro dentro da tabela do PIS 2019, portanto, faça uma pesquisa e verifique as datas, já que além de uma data específica para o início do saque, de acordo com o mês de nascimento, também há uma data limite para se efetuar o saque. Não vá perdê-la!


Agora que você conheceu todos procedimentos relacionados ao PIS, compartilhe nosso artigo com algum amigo que ainda possui dúvida sobre quem tem direito ao PIS 2019. Qualquer dúvida deixe-á nos comentário, pois assim que possível iremos te retornar. Boa Sorte!